Siga nossas redes:

 
São Lourenço do Oeste

Um toque feminino no empreendedorismo

'As mulheres precisam disso, se sentirem orgulhosas do que estão fazendo', diz Fabíola sobre a atuação da mulher

Felipe Alípio
Fabi
Foto: Arquivo pessoal
?As mulheres precisam disso, se sentirem orgulhosas do que estão fazendo?, diz Fabíola sobre a atuação da mulher

Há dois anos em atividade, em São Lourenço do Oeste, o Aiqfome é um case de empreendedorismo. Quem está a frente do projeto é a empresária Fabíola Croda, que conta um pouco da experiência de empreender e fala sobre a participação das mulheres no universo dos negócios.

Destaque Regional - Para muitas pessoas, empreender é uma necessidade e para outras é uma realização pessoal. Qual a sua trajetória no empreendedorismo?

Fabiola - Antes de empreender eu pensava em ser concursada ou algo assim, pensando em ter uma estabilidade financeira. Porém logo após formada eu não havia me encontrado no mundo profissional ainda, foi quando meu marido me apresentou a ideia do Aiqfome. Abracei a ideia e depois de meses planejando juntos conseguimos colocar em prática. Pra mim com certeza empreender foi uma realização pessoal.

DR - O AiqFome é um aplicativo que dá agilidade para pedir comida. Notoriamente, a chegada da pandemia alavancou o segmento. Como foi essa adaptação?

Fabiola - Quando iniciou a pandemia o aiqfome já estava há um ano em SLO, sendo assim a receptividade foi muito boa e adaptação também.

DR - Considerando que parcela significativa do público de seu negócio é de mulheres, como você avalia a participação das mulheres no universo dos negócios?

Fabiola - Acredito que a participação das mulheres no mundo dos negócios é super válida e importante. O mundo dos negócios é muito amplo e as mulheres com certeza podem e devem se encaixar cada dia mais nesse universo.

DR - Ao seu ver, como a participação de mulheres pode ser ampliada no universo empresarial?

Fabiola - Essa participação só depende de cada uma. Muitas vezes nós nos limitamos por insegurança. Eu mesma quando pensei em empreender achei que não daria conta de tudo, e sim, hoje consigo ter orgulho de mim dia após dia. E as mulheres precisam disso, se sentirem orgulhosas do que estão fazendo, seja isso nos negócios ou em qualquer outro ramo.

DR - Qual seu conselho para as mulheres que pensam em empreender no negócio próprio?

Fabiola - Meu conselho é que estudem bem o seu plano de negócio e acima de tudo não tenham medo de colocar em prática. Empreender é um desafio grande, requer muita dedicação, mas o resultado é muito gratificante. Ter seu próprio negócio pode ser uma realização pessoal e profissional extraordinária!




capa jornal.jpg
 
logo vetor branco.png

Adjori/SC - Todos os direitos reservados

Travessa Raulino Lazarin, nº 39, Centro, São Lourenço do Oeste/SC , CEP 89.990-000
Fone (49) 3344-1400, e-mail:contato@destaqueregional.jor.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina