Siga nossas redes:

 
São Lourenço do Oeste

Um novo jeito de jogar xadrez

O xadrez encontrou na Internet um meio de superar restrições e expandir participação

Felipe Alípio
Xadrez
Foto: Arquivo pessoal
A alguns anos, Consoli é adepto ao jogo de xadrez e encontrou no universo on-line uma forma de superar as limitações da pandemia.

Com o objetivo de liquidar o rei oponente, o enxadrista tem 64 casas e 16 peças para montar uma estratégia de ataque e manter sua peça vital a salvo. Partida pode ser rápida, em sistema cronometrado, ou mais demorada, ao estilo clássico. Ainda assim, a prática do xadrez se mantem milenar e inova ao adentrar na esfera on-line.

A necessidade de reinventar era sentida há alguns anos. O tabuleiro de madeira é um charme do esporte, mas a versão virtual é quem está garantindo a expansão da prática esportiva.

Há algum tempo, páginas virtuais e portais vinham se desenvolvendo. É verdade que com passos lentos e adesão basicamente de amadores. A chegada da pandemia, provocada pela Covid-19 - Coronavírus, acelerou essa inserção. O fechamento de fronteiras fez com que o mundial de xadrez fosse interrompido e os competidores se distanciassem.

Alternativa para superar a ausência de jogos? Conectar-se a um dispositivo e tornar os jogos virtuais. Além da inteiração com outros jogadores, a mudança encurtou distâncias, eliminou fronteiras e tornou o xadrez mais acessível. Na prática, no segmento e-sport, o xadrez é uma das atividades mais praticadas no mundo.


Migração


Se o tabuleiro é igual, as peças são as mesmas e as regras também, afinal de contas, o que muda do jogo de tabuleiro para o ambiente virtual?

Na avaliação do enxadrista Anderson Luiz Consoli, é a presença do oponente. No método clássico, tem mais velocidade na resposta e a pressão psicológica é maior. Isso torna o jogo tradicionais mais interessante aos jogadores.

Por outro lado, o jogador ganha mais visão de jogo. Consoli conta que há possibilidade de "mapear erros através de programas de computador, também ajuda muito a ir evoluindo". Há também a possibilidade de estudar e analisar melhor suas estratégias. "A tempos atrás só era possível fazer isso com livros na mesa de jogo", acrescenta.


Adesão


Consoli é um lourenciano que se destaca no jogo de xadrez. Em várias oportunidades, ladeou o tabuleiro e conquistou o ouro em competições.

Parte dos jogos foram locais e regionais. Já representou o município em competições oficiais e fez partidas com referências internacionais do esporte.

Ao longo de 2020, Anderson intensificou sua presença on-line. Jogador assíduo, buscou enfrentar esportistas de renome em competições e também incentivadores à prática enxadrista.

Em dezembro, Consoli participou da Simultânea com o Mestre Enxadrista Leandro Perdomo. Promoção foi da Revista Xadrez Bem Brasileiro, uma referência do segmento.

Perdomo é um mestre do xadrez, que reside em Buenos Aires - Argentina. Ele aceitou o desafio de enfrentar oito oponentes brasileiros. A maratona rendeu ao Mestre sete vitórias e um empate. O único competidor a igualar estratégia foi Consoli. O confronto foi narrado em uma matéria da revista promotora da competição, com direito a comentários e análises de jogadores de referência internacional.


Onde jogar


Atualmente, há diversas plataformas de jogos on-line que disponibilizam a prática de xadrez. Muitas delas são gratuitas, propondo jogadores ou ofertando a conectividade entre praticantes.

Dentre os mais populares, o destaque é para o portal Chess. Plataforma conta com milhares de jogadores espalhados pelo mundo. A página é em inglês, mas de fácil compreensão e participação. Um dos bons diferenciais é que há bom nível de jogadores, proporcionando que você jogue com seus amigos ou com jogadores aleatórios. Um diferencial é poder participar de torneios. Outro diferencial é poder utilizar tablet ou smartphone, basta baixar o aplicativo, e pode jogar de qualquer lugar e a qualquer hora. Há uma versão gratuita, quem optar por acesso diferenciado pode adquirir um pacote específico.

Outras opções para jogar on-line são: Chess 24; Lichess; Fly Or Die; Chesscube; Joguexadrez; Velocitychess; ICC - Internet Chess Club e Playchess.



capa jornal.jpg
 
logo vetor branco.png

Adjori/SC - Todos os direitos reservados

Travessa Raulino Lazarin, nº 39, Centro, São Lourenço do Oeste/SC , CEP 89.990-000
Fone (49) 3344-1400, e-mail:contato@destaqueregional.jor.br

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina