Sábado, 13 de Julho de 2024
11°

Chuvas esparsas

São Lourenço do Oeste, SC

Opinião SLO

Santo Antônio de Lisboa e de Pádua (13 de junho)

* Frei Luizinho Marafon – Pároco na Igreja São Lourenço Mártir e Nossa Senhora das Graças

30/06/2024 às 07h00
Por: DR News Fonte: * Frei Luizinho Marafon
Compartilhe:
* Frei Luizinho Marafon – Pároco na Igreja São Lourenço Mártir e Nossa Senhora das Graças Imagem: Arquivo DR
* Frei Luizinho Marafon – Pároco na Igreja São Lourenço Mártir e Nossa Senhora das Graças Imagem: Arquivo DR

Nasceu em Lisboa, Portugal, em 1195 e faleceu em Pádua, na Itália, em 13 de junho de 1231. Por isso, é conhecido tanto como Santo Antônio de Lisboa quanto Santo Antônio de Pádua. É um dos Santos mais queridos do Brasil e do mundo. Muitas cidades e Igreja trazem o seu nome. Foi canonizado no dia 30 de maio de 1232, tornando-se um dos santos canonizados mais rapidamente na história. Em 1946, o Papa Pio XII o proclamou “doutor da Igreja” com o título de ‘Doctor Evangelicus’ (Doutor Evangélico).

 

Santo Casamenteiro

 

Santo Antônio é amplamente conhecido como o "Santo Casamenteiro". Essa popularidade surgiu porque ele ajudava as mulheres que não conseguiam se casar por falta de dote. Recorreu à generosidade das pessoas para ajudar essas mulheres a realizarem o sacramento do matrimônio, mostrando sua sensibilidade às dificuldades do povo.

 

Símbolos e curiosidades

 

Santo Antônio é frequentemente representado com um lírio, símbolo de pureza e castidade, e com o Menino Jesus, que, segundo a tradição, apareceu em seus braços acariciando-o. Além disso, ele era um grande pregador da Palavra de Deus, conhecido por sua eloquência e profundidade teológica.

Outro fato curioso é que a língua de Santo Antônio, um dos pedaços mais intactos de seu corpo, foi encontrada 40 anos após sua morte, em uma exumação. Esta relíquia é celebrada em Pádua no dia 15 de fevereiro durante a “festa da língua”.

 

Milagre do jumento que se curva diante da Eucaristia

 

Santo Antônio fez muitos milagres em vida. Durante uma pregação sobre a Eucaristia, um homem desafiou Santo Antônio, afirmando que acreditaria na presença de Cristo na Hóstia Consagrada apenas se seu jumento se ajoelhasse diante dela. Aceitando o desafio, Santo Antônio e o homem marcaram um encontro. O homem deixou o jumento sem comer por três dias. No dia do encontro, o jumento, mesmo faminto, ignorou a comida que lhe foi oferecida e ajoelhou-se diante da Hóstia Consagrada, confirmando a fé do Santo.

 

João Batista (24 de junho)

 

João, chamado o batizador, é filho de Zacarias e Isabel. Sabemos pelas palavras do anjo Gabriel que João (cujo nome significa “Deus é propício”) foi concedido ao casal em idade avançada.

São Lucas no primeiro capítulo do seu Evangelho, narra que no seu nascimento João trouxe alegria para seus pais e toda a sua comunidade e já era predestinado ser o “profeta do altíssimo”. Por isso ele foi morar no deserto, andando pelas margens do rio Jordão, pregando um batismo de conversão. João anunciava o Messias Jesus e chegou a ser confundido com o próprio Jesus. Mas ele nunca se igualou ou se comparou a Jesus, mas dizia: “No meio de vocês existe alguém que vocês não conhecem e que vem depois de mim. Eu não mereço nem sequer desamarrar a correia de suas sandálias” (Jo 1,26-27).

É dele, João Batista, que está escrito: “eis que envio o meu mensageiro à tua frente; ele preparará o teu caminho diante de ti”. De fato João Batista viveu anunciando a vinda de Jesus, fazendo o bem a todos sem hipocresia e fazendo penitência. É o último profeta e o primeiro apóstolo, enquanto precede o Messias e lhe dá testemunho.

Para nós que comemoramos o dia de São João Batista com fogueiras, festas, fogos, quermesses e danças, é interessante saber que este homem é um verdadeiro profeta, aquele que preparou os caminhos de Jesus. Aquele que deu por concluída a sua missão quando se viu de frente com Jesus, no rio Jordão: “Eis aí o Cordeiro de Deus” (Jo 1,36).

João nasceu fora do sistema social. Não estava contaminado com as vaidades e arrogância do sistema. “O homem do deserto não tinha medo de ninguém. Ele não veio preparar o caminho físico. Ele foi incumbido de preparar o caminho do coração e do espírito humano. João era um

trator sem freios que veio arar os solos compactados da alma humana, preparando-os para receber o mais fantástico, delicado e gentil semeador: Jesus de Nazaré”. Para Jesus a humanidade não estava falida. Ele investiu toda sua vida neste projeto. Ele não veio reformar o homem. Ele veio produzir um novo ser humano. João amava quem não conhecia. Vivendo no deserto pensava muito. Seus pensamentos estavam cheios de expectativas sobre a pessoa de Jesus. João esperou 30 anos para que seus sonhos se tornassem reais.

 

São Pedro (29 de junho)

 

São Pedro (1a.C-67) foi apóstolo de Cristo. É tido como o fundador da Igreja Cristã em Roma. É considerado pela Igreja Católica como seu primeiro papa. As principais fontes que relatam a vida de São Pedro são os quatro Evangelhos Canônicos, pertencentes ao novo testamento. Escritos originalmente em grego, em diferentes épocas, pelos discípulos Mateus, Marcos, João e Lucas, Pedro aparece com destaque em todas as narrativas evangélicas.

São Pedro (nasceu na Betsaida, na Galileia. Filho de Jonas e irmão do apóstolo André, seu nome de nascimento era Simão. Era Pescador, trabalhava com o irmão e o pai. Por indicação de João Batista, foi levado por seu irmão André, para conhecer Jesus Cristo. No primeiro encontro Jesus o chamou de Kepha, que em aramaico significava pedra, e traduzido para o grego Petros, determinando ser ele o apóstolo escolhido para liderar os primeiros pregadores da fé cristã pelo mundo, (Jo 1,40-43). Nessa época de seu encontro com Cristo, Pedro morava em Cafarnaum, com a família de sua mulher. Pedro foi escolhido como o chefe da cristandade aqui na terra: "E eu te digo: Tu és pedra e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares sobre a terra, será ligado também nos céus". Convertido, despontou como líder dos doze apóstolos, foi o primeiro a perceber em Jesus o filho de Deus. Junto com seu irmão e os irmãos Tiago e João Evangelista, Pedro fez parte do círculo íntimo de Jesus entre os doze apóstolos. Participou dos mais importante milagres do Mestre sobre a terra. Foi o primeiro apóstolo a ver Cristo após a Ascensão. Presidiu a assembleia dos apóstolos que escolheu Matias para substituir Judas Iscariotes. Fez seu primeiro sermão no dia de Pentecostes e peregrinou por várias cidades. Encontrou-se com São Paulo em Jerusalém, e apoiou a iniciativa deste, de incluir os não judeus na fé cristã, sem obrigá-los a participarem dos rituais de iniciação judaica. Após esse encontro foi preso por ordem do rei Agripa I. Foi encaminhado à Roma durante o reinado de Nero, onde passou a viver. Ali fundou e presidiu a comunidade cristã, base da Igreja Católica Romana, e por isso segundo a tradição, foi executado por ordem de Nero. Conta-se também que pediu para ser crucificado de cabeça para baixo, por se julgar indigno de morrer na mesma posição de Cristo. Seu túmulo se encontra sob a catedral de S. Pedro, no Vaticano, e é autenticado por muitos historiadores. https://arquisp.org.br/liturgia/santo-do-dia/sao-pedro-apostolo

Neste mês de junto celebramos a festa de três Santos populares que nos animam a procurar a santidade. Todos os santos foram pessoas simples e humildes, com pecados e defeitos, mas que sonharam um mundo novo e seguiram fielmente os passos de Jesus. Sabemos que a santidade é um atributo essencial de Deus. Mas sabemos também que a santidade do homem consiste em abrir o coração para que a graça de Deus faça morada no seu interior. O homem santo abre o coração e o interior para ser amigo de Deus. Ser santo é ter a graça de ser amigo de Deus, segundo São Tomás de Aquilo.

 

Receba as notícias em primeira mão, acesso no DR News; https://chat.whatsapp.com/B8WYhmelq7X5BTN38eNK6t

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Lourenço do Oeste, SC Atualizado às 12h05 - Fonte: ClimaTempo
11°
Chuvas esparsas

Mín. Máx. 10°

Dom 9°C 5°C
Seg 15°C 3°C
Ter 18°C 8°C
Qua 20°C 11°C
Qui 22°C 12°C
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias